Inserção Social

Os docentes do PPGAU têm atuado ativamente na composição de diversos conselhos municipais e regionais e outros órgãos colegiados, assim como na elaboração de laudos e pareceres técnicos requeridos pelo Ministério Público. 
A Profa. Marília Maria Brasileiro Teixeira Vale é Membro da Comissão de Arte Sacra, Arquitetura, Memória e Bens Culturais da Diocese de Uberlândia. O Prof. Luiz Carlos de Laurentiz é Conselheiro titular do Conselho Municipal do Patrimônio Histórico de Uberlândia e Conselheiro Suplente do Conselho Municipal de Turismo de Uberlândia. A Professora Simone Barbosa Villa é membro titular no Conselho Municipal de Habitação de Uberlândia. O professor Fernando Garrefa é membro suplente no Conselho Municipal do Plano Diretor de Uberlândia. Também as ações extensionistas e de pesquisa realizadas pelos professores do Programa trazem uma integração com a sociedade, auxiliando tanto no desenvolvimento de políticas públicas para diversas áreas – como a de moradia e mobilidade urbana, por exemplo, quanto contribuindo com ONG’s e outras Instituições de Interesse Público.
Em 2017 a FAUeD-UFU realizou um projeto de extensão universitária, sob coordenação da Profa. Marília Maria Brasileiro Teixeira Vale, intitulado “Glossário Fotográfico de Arquitetura e Ornamentação do Palácio dos Leões de Uberlândia, MG. 1917-2017”. O Projeto consistiu na documentação fotográfica dos elementos arquitetônicos, ornamentais e dos bens integrados de maior relevância do Palácio dos Leões de Uberlândia, que foi inaugurado em 1917 para abrigar a sede dos poderes legislativo e executivo do Município. O trabalho, solicitado pela atual diretoria de Museu Municipal, integrou as atividades de comemoração do centenário de sua inauguração, e visava a elaboração de material para seu registro, difusão e valorização. O trabalho foi realizado por alunos dos cursos de graduação em Arquitetura e Urbanismo e em Design, bem como alunos do curso de Mestrado em Arquitetura e Urbanismo da FAEUeD/UFU. Em virtude dos trabalhos desenvolvidos pela Profa. Marília Maria Brasileiro Teixeira Vale, juntamente com a equipe de alunos, na comemoração do centenário do Palácio dos Leões, o curso de Arquitetura e Urbanismo da FAUeD-UFU e a Profa. Marília receberam em 2018, da Secretaria Municipal de Cultura / Prefeitura Municipal de Uberlândia, o Selo Amigos da Cultura.
Os docentes Simone Barbosa Villa, Fernando Garrefa, Elza Cristina Santos, Giovanna Damis Teixeira Vital e Fionn Stevenson desenvolvem pesquisa-ação no bairro Shopping Park em Uberlândia. Proveniente do Programa Minha Casa Minha vida, o bairro tem sido palco das ações diretas desenvolvidas em parceria com a Escola de Arquitetura da Universidade de Sheffield – UK. Pelo projeto, intitulados “[RES_APO 1] Method of Analysis of the Resilience in Housing Complexes through Post-Occupancy Evaluation” e “[RES_APO 2 e 3] Resiliência e adaptabilidade em conjuntos habitacionais sociais através da coprodução”, diversas ações são colocadas em prática na comunidade, visando à ampliação da resiliência local, ao mesmo tempo em que fornece subsídios para projetos futuros. O projeto representa grande benefício para os moradores e também para os pesquisadores e alunos da graduação pois conta com a participação de 05 docentes (um internacional), 01 doutoranda, 03 mestrandos, 10 alunos de graduação (bolsistas IC), 02 arquitetos da Prefeitura Municipal de Uberlândia, além da participação da ONG Estação Vida. Os resultados dessa pesquisa/ação podem ser vistos no website https://morahabitacao.com/res_apo-2-e-3/. Esse projeto se iniciou em 2016 e tem aumentado sua abrangência, constituindo-se em uma rede que envolve alunos, pesquisadores, ONGs e moradores. Até o momento foram realizadas duas etapas desse trabalho. Os trabalhos foram financiados pela Universidade Federal de Uberlândia, FAPMIG, CNPq e Santander Mobility Research Awards. No ano de 2019 estará em curso a etapa 3, que busca ampliar a parceria com instituições britânicas e o alcance das ações por meio de participação em edital de fomento no GCRF – Global Challenges Research Funding – UK.
A professora Simone Barbosa Villa está à frente da ação “Avaliação Pós-Ocupação no Programa Minha Casa Minha Vida: uma experiência metodológica”. Trata-se da elaboração de uma metodologia de avaliação pós-ocupação (APO) para empreendimentos do Programa Minha Casa Minha Vida PMCMV, enfocando aspectos funcionais, comportamentais e ambientais do ambiente construído. Apresenta, de forma didática, um roteiro da APO com a descrição dos procedimentos metodológicos utilizados tendo com estudo de caso dois empreendimentos localizados na cidade de Uberlândia, Minas Gerais. Espera-se que esta pesquisa possa contribuir com uma prática mais consciente do exercício projetual, especialmente voltado à produção da Habitação de Interesse Social no Brasil, na medida em que insere o conhecimento sobre as necessidades e desejos dos usuários como parte fundamental do processo de concepção de qualquer proposta habitacional. Além disso, espera-se oferecer aos diferentes agentes envolvidos em tal produção, através da apresentação dos resultados desta pesquisa, reflexões acerca da atual produção de HIS, de maneira a orientar o desenvolvimento de outras possíveis alternativas habitacionais, de maior qualidade em comparação às opções atualmente disponibilizadas e edificadas. Consideramos, portanto, a hipótese de que a qualidade das habitações tende a melhorar, através da montagem e observação, por parte de todos os agentes envolvidos, de bancos de dados municiados por avaliações pós-ocupação (APO).
Em 2018 a Profa. Maria Eliza Alves Guerra coordenou o projeto de extensão “Projeto de sede do projeto social ABC do Glória, Uberlândia - MG” (Registro no SIEX: 18061). O ABC do Glória vem sendo desenvolvido desde o ano de 2016, no Assentamento do Glória (Bairro Élisson Prieto – Uberlândia/MG), no formato de uma biblioteca comunitária, construída em anexo à Capela Beta Helena Guerra, com a ajuda de voluntários e moradores da própria comunidade por meio de doações e força de trabalho coletivo. Inicialmente era um espaço destinado apenas ao reforço escolar, se transformando, pela necessidade observada, em um espaço cultural, pedagógico e de lazer. Por isso, os 47m² de construção se tornaram insuficientes, fazendo-se necessária a construção de um centro comunitário que atenda às diversas demandas locais. Para o desenvolvimento do projeto arquitetônico do espaço ABC, a equipe composta de docentes, técnicos e discentes buscou informações referentes ao funcionamento, características do espaço físico existente e informações do terreno, através de visita e conversas com os voluntários do projeto.
O Projeto de Conservação e Gestão da Igreja Matriz de Sant´Ana de Indianópolis – MG (Registro Siex 16781/2018), um dos edifícios religiosos mais antigos da região, foi implementado sob coordenação da professora Marília Maria Brasileiro Teixeira Vale atendendo à solicitação da Secretaria de Cultura daquele município.
Alguns docentes também têm fornecido entrevistas e participado de programas em diversos meios de difusão da informação como rádio, TV, internet, revistas, nas quais destaca-se a participação do Prof. Luiz Carlos de Laurentiz no programa de TV: “Uberlândia de ontem e sempre”, veiculado pela TV Paranaíba, e a participação do Professor Fernando Garrefa no Programa televisivo “Manhã Total”, também da TV Paranaíba, onde foi entrevistado sobre a temática Mobilidade Urbana.
Em 2018 a professora Patrícia Pimenta Azevedo Ribeiro realizou registro junto ao INPI de Desenho Industrial dos objetos: "Configuração aplicada a/em luminária de piso" (Nº registro - 002699-0) e "Configuração aplicada a/em poltrona" (Nº registro - BR 302017002728-8). Tais registros fazem parte dos resultados da pesquisa "Processos Analíticos da Arquitetura e Raciocínios de Projeto" e do Trabalho de Conclusão de Curso em Design da discente Suelen Silva Moreira Fontes.